A retenção em cursos de jornalismo do Reuni no Brasil

um estudo de caso na UFCA

Autores

  • Paulo Eduardo Silva Lins Cajazeira UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI - UFCA

Palavras-chave:

Retenção de estudantes, Egresso

Resumo

Este artigo trata das questões gerais que envolvem a retenção de alunos na Educação Superior. O corpus da nossa pesquisa está voltado à análise da formação do egresso de cursos de Jornalismo em Instituições Federais de Ensino criados por meio do Programa Reuni, a exemplo do curso de Jornalismo da Universidade Federal do Cariri, objeto de análise deste estudo. A metodologia desenvolve métodos e técnicas qualitativas e quantitativas para análise da formação dos egressos, em macrorregiões do interior do País. O objetivo desta pesquisa foi descrever o perfil dos estudantes retidos no curso de graduação em Jornalismo da UFCA. Para tanto, foram realizadas análises estatísticas que indicaram a existência de associação entre a situação do aluno ao final do curso e a retenção. Desse conjunto, foram considerados os níveis de intensidade para se descrever o perfil dos alunos retidos em cursos de Jornalismo do Reuni, mesmo que tenhamos observado, inicialmente, apenas um dos quinze cursos criados pelo Programa.

Biografia do Autor

Paulo Eduardo Silva Lins Cajazeira, UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI - UFCA

PÓS-DOUTORADO EM CIENCIAS DA COMUNICAÇÃO - (UBI - PORTUGAL - 2013/2014)

PROFESSOR ASSOCIADO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI - BRASIL

DOUTOR EM COMUNICAÇÃO - PUC DE SÃO PAULO (2011)

MESTRE EM COMUNICAÇÃO - UTP/PR (2005)

ESPECIALISTA EM COMUNICAÇÃO AUDIOVISUAL - PUC DO PARANÁ (1998)

GRADUADO EM COMUNICAÇÃO SOCIAL - PUC DO PARANÁ (1994). 

Referências

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS DIRIGENTES DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR NO BRASIL – ANDIFES. Site andifes.org.br. Disponível em: <http://www.andifes.org.br/>. Acesso em: 10 abr. 2018.

ANDIFES; ABRUEM; SESU; MEC. Diplomação, retenção e evasão nos cursos de graduação em Instituições de Ensino Superior Públicas. 1996. Site andifes.org.br. Disponível em: <http://www.andifes.org.br/diplomacao-retencao-e-evasao-nos-cursos-de-graduacao-em-instituicoes-de-ensino-superior-publicas/>. Acesso em 10 jun. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução n. 1, de 24 de setembro de 2013. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Jornalismo, bacharelado, e dá outras providências. Site mec.gov.br. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=14242-rces001-13&category_slug=setembro-2013-pdf&Itemid=30192>. Acesso em: 23 jan. 2018.

BRASIL. Poder Executivo. Decreto n. 6.095, de 24 de abril de 2007. Site planalto.gov.br. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6095.htm>. Acesso em: 8 fev. 2018.

BRASIL. Poder Executivo. Decreto no 6.096, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI. Site planalto.gov.br. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6096.htm>. Acesso em: 8 fev. 2018.

BRASIL. Poder Executivo. Lei n. 9.276, de 9 de maio de 1996. Dispõe sobre o Plano Plurianual para o período de 1996/1999 e dá outras providências. Site planalto.gov.br. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9276.htm>. Acesso em: 12 jan. 2018.

CAMPELLO, A. de V. C.; LINS, L. N. Metodologia de análise e tratamento da evasão e
retenção em cursos de graduação de instituições federais de ensino superior. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2008, Rio de Janeiro. Anais
eletrônicos... Disponível em: <http://www.abepro.org.br/biblioteca/
enegep2008_TN_STO_078_545_11614.pdf>. Acesso em: 12 jan. 2018.

CASTRO, M. H. G. Políticas públicas: Conceitos e conexões com a realidade brasileira. In: CORRÊA, A. C. C.; NORONHA, A. B. Avaliação da evasão e permanência prolongada em um curso de graduação em administração de uma universidade pública. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO FEA-USP, 7., 2004, São Paulo. Anais eletrônicos... Disponível em: <http://www.ead.fea.usp.br/Semead/7Semead/páginas/artigosrecebidos/Ensino/ENS10__Avaliacao_da_evasao_e_permanencia_prol.PDF>. Acesso em: 10 mar. 2018.

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS. Site fenaj.org.br. Disponível em: <http://www.fenaj.org.br/>. Acesso em: 12 out. 2017.

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ. Site ceara.gov.br. Disponível em: <http://www.ceara.gov.br/>. Acesso em: 10 nov. 2017.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Divisão do Brasil em regiões funcionais urbanas. Rio de Janeiro: IBGE, 1972.
IBGE. Site ibge.gov.br. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/>. Acesso em: 12 fev. 2018.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA – IPEA. Configuração atual e tendências da rede urbana do Brasil. Brasília: IPEA/IBGE/UNICAMP/IE/NESUR, 2002. (Série Caracterização e Tendências da Rede Urbana do Brasil, v. 1). Convênio Ipea, IBGE, Unicamp/IE/Nesur.
IPEA. Site ipea.gov.br. Disponível em: <http://www.ipea.gov.br/>. Acesso em: 12 fev. 2018.

JOBERT, B.; MULLER, P. L'état en action. Paris: PUF, 1987. In: ARRETCHE, Marta. Dossiê agen-da de pesquisas em políticas públicas. Rev. Bras. Ci. Soc., São Paulo, v. 18, n. 51, p. 7-10, fev. 2003. Disponível em: <https://goo.gl/RJHCrD>. Acesso em: 29 jan. 2018.

MARSHALL, T. H. Citizenship and social class. In: MARSHALL, T. H.; BOTTOMORE, T. Citizenship and social class. Chicago: Pluto Classic (reimpr.), 1996, p. 3-51. Cidadania e Classe Social. Ed. atual trad. e rev. Por EaD/CEE/MCT. 2. ed. Brasília: Senado Federal, Centro de Estudos Estratégicos, Ministério da Ciência e Tecnologia, 2002.

MICK, J.; LIMA, S. Perfil do jornalista brasileiro: Características demográficas, políticas e do trabalho jornalístico em 2012. Florianópolis: Insular, 2013.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO – MEC. Site emec.mec.gov.br. Disponível em: <http://www.emec.mec.gov.br/>. Acesso em: 12 fev. 2017.

MEC. Site mec.gov.br. Disponível em: <http://www.mec.gov.br/>. Acesso em: 8 set. 2017.

_________. Site reuni.mec.gov.br. Disponível em: <http://www.reuni.mec.gov.br/>. Acesso em: 8 set. 2017.

_________. Site sisu.mec.gov.br. Disponível em: <http://www.sisu.mec.gov.br/>. Acesso em: 8 set. 2017.

NORONHA, A. B.; CARVALHO, B. M.; SANTOS, F. F. F. Estudo do perfil dos alunos evadidos da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Campus Ribeirão Preto, e avaliação do tempo de titulação dos alunos atualmente matriculados. São Paulo: NU-PES/ USP, 2001. Disponível em: <ftp://cpq.fearp.usp.br:2300/textos_discussao/adm/wpa09.pdf>. Acesso em: 21 mar. 2018.

PEREIRA, A. S. et al. Perfil dos alunos retidos dos cursos de graduação presencial da Universidade Federal do Espírito Santo. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA, 14., 2013, Florianópolis, SC. Site repositório.ufsc.br. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/131700/2014138.pdf?sequence=1>. Acesso em: 08 mar. 2018.

Perfil Socioeconômico e Cultural dos Estudantes de Graduação das Universidades Federais Brasileiras. Fórum Nacional de Pró-Reitores de Assuntos Comunitários e Estudantis (FONAPRACE). Brasília - 2011. Disponível em: <http://www.andifes.org.br/wp-con-tent/files_flutter/1377182836Relatorio_do_perfi_dos_estudantes_nas_universidades_federais.pdf>. Acesso em: 21 mar. 2018.

SILVA FILHO, R. L. L. et al. A evasão no ensino superior brasileiro. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 132, set./dez. 2007.

SILVA FILHO, R. L. L.; HIPÓLITO, O. Financiamento e expansão do ensino superior. Dispo-nível em: <http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=62770>. Acesso em: 16 abr. 2009.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI. Site ufca.edu.br. Disponível em: <http://www.ufca.edu.br/>. Acesso em: 10 ago. 2017.

UFF (Niterói). Pesquisa inédita analisa causas da retenção de alunos da UFF. 2015. Disponível em: <http://www.uff.br/?q=noticias/29-06-2015/pesquisa-inedita-analisa-causas-daretencao-de-alunos-da-uff>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Publicado

2019-12-24

Como Citar

Silva Lins Cajazeira, P. E. (2019). A retenção em cursos de jornalismo do Reuni no Brasil: um estudo de caso na UFCA. Revista Brasileira De Ensino De Jornalismo, 9(25), 44-56. Recuperado de http://rebej.abejor.org.br/index.php/rebej/article/view/359

Edição

Seção

Artigos