Portais sindicais

uma avaliação sob a ótica de critérios de usabilidade

DOI:

https://doi.org/10.46952/rebej.v12i30.478

Palavras-chave:

Comunicação sindical, Portais sindicais, Sociedade Midiatizada

Resumo

A comunicação dos sindicatos sofreu significativas mudanças nas últimas décadas, com o modelo analógico sendo substituído por interações digitais. Nesse processo, destacam-se os portais sindicais, a porta de acesso a um sistema mais ágil, interativo e menos oneroso para a organização dos trabalhadores. Diante deste cenário, este trabalho teve por objetivo aplicar um protocolo comparativo para avaliação de qualidade em portais sindicais, com amostragem intencional constituída por dez categorias profissionais. A atividade é relevante para chamar a atenção de assessores de comunicação, estudantes e pesquisadores para aspectos que não podem ser desprezados na gestão do sistema. O resultado indica que metalúrgicos, metroviários e petroleiros têm hoje os portais melhor pontuados.

Referências

ARAÚJO, Silvia Maria Pereira de. Imprensa sindical: a tipicidade de uma comunicação polí-tica. Comunicação & Sociedade, São Bernardo do Campo, n. 26, 1996. Disponível em: <https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/CSO/article/view/8112>. Aces-so em: 26 abr. 2021.

ARAUJO, Vladimir Caleffi. O jornalismo de informação sindical no Brasil: atores, práticas e estratégias de produção jornalística. 2003. Tese (Doutorado em Ciência da Informação e da Comunicação) - Universidade Panthéon - Assas, Paris, 2003.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988.

CARVALHO, Guilherme Gonçalves. Muito além do jornal: a nova imprensa sindical. Estu-dos em jornalismo e mídia, Florianópolis, v. 10, n. 1, 1º semestre de 2013. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/jornalismo/article/view/1984-6924.2013v10n1p256/24988>. Acesso em: 20 jun. 2021.

CAVALCANTE, Jordana de Souza; MONTEIRO, Otacílio Gabriel Trajano. A importância do site enquanto ferramenta para a construção da imagem positiva dos sindicatos. Revista Científica de Comunicação Social do Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH) e-Com, Belo Horizonte, v.10, n. 1, 1º semestre de 2017. Disponível em: <https://unibh.emnuvens.com.br/ecom/article/download/2162/1207>. Acesso em: 26 abr. 2021.

CODINA, Lluis. Ferramenta para Análise Geral de Qualidade em Cibermeios. In: PALACIOS, Marcus (org.). Ferramentas para análise de qualidade no Ciberjornalismo. Covilhã: Lab-com Books, v. 1, 2011.

GIANNOTTI, Vito. Comunicação dos trabalhadores e hegemonia. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2014.

__________________; SANTIAGO, Claudia. Teoria e prática da comunicação sindical. 1. ed. Brasília: Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, 2014.

GIL, Antônio Carlos. Modelos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

MARIZ, Lorena Karen Praxedes; BASTOS, Helena Rugai. Interfaces e usabilidade: organiza-ção de critérios para avaliação, p. 5394-5409. In: CONGRESSO PESQUISA E DESENVOLVI-MENTO EM DESIGN (2018). 13 In: Anais.... São Paulo: Blucher, 2018. Disponível em: <https://www.proceedings.blucher.com.br/article-details/interfaces-e-usabilidade-organizao-de-critrios-para-avaliao-30343>. Acesso em: 13 jun. 2021.

NIELSEN, Jakob. Usability engineering. Cambridge, MA: AP Professional, 1993.

PINHEIRO, Maria Cristina de Sousa Araújo. Tipografia inclusiva e legibilidade. Convergên-cias: Revista de Investigação e Ensino das Artes, n. 10, 2012. Disponível em: <https://repositorio.ipcb.pt/handle/10400.11/5226>. Acesso em: 19 jun. 2021.

QUADROS, Mirian Redin de; LOPEZ, Debora Cristina. O espaço do ouvinte: uma análise da interatividade nos sites das rádios CBN e Gaúcha. Revista de Estudos da Comunicação, Curitiba, v. 14, n. 33, 2013. Disponível em: <https://periodicos.pucpr.br/index.php/estudosdecomunicacao/article/view/22428>. Acesso em: 20 jun. 2021.

ROYO, Javier. Design digital. São Paulo: Rosari, 2008.

Publicado

2022-06-27

Como Citar

Portais sindicais: uma avaliação sob a ótica de critérios de usabilidade. (2022). Revista Brasileira De Ensino De Jornalismo, 12(30). https://doi.org/10.46952/rebej.v12i30.478