O estágio em jornalismo no Distrito Federal

percepção dos estudantes e principais demandas

Autores

  • Luciane Fassarella Agnez IESB
  • Jonas C L Valente UnB

Palavras-chave:

Estágio supervisionado, Formação profissional, Precarização, Condições de trabalho, Pesquisa de opinião

Resumo

O presente trabalho discute o papel do estágio supervisionado na formação profissional do jornalista, considerando as atuais condições de trabalho e um cenário de precarização, acúmulo de funções e redução de postos de trabalho. Apresentamos os resultados de pesquisa de opinião realizada pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal junto a estudantes de Jornalismo do DF a respeito das experiências de estágio, com suas demandas e expectativas, e as relações entre universidades, estudantes e locais de trabalho. As respostas indicam uma antecipação da entrada no estágio, substituição de atividades de jornalistas profissionais e fragilidades no processo de supervisão.

Biografia do Autor

Luciane Fassarella Agnez, IESB

Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade de Brasília, com doutorado sanduíche na Université Libre de Bruxelles, e integrante do projeto de pesquisa sobre Mudanças Estruturais do Jornalismo, da linha de pesquisa Jornalismo e Sociedade. Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Federal do Espírito Santo (2003) e mestre pelo Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2011). Tem especialização em Gestão Estratégica da Comunicação Organizacional e Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (2006). Tem experiência como assessora de comunicação e editora de publicações customizadas, e em ensino e pesquisa atuando principalmente nos seguintes temas: teorias da comunicação, ética e legislação, história do jornalismo, metodologia de pesquisa, jornalismo especializado e comunicação pública.

Referências

REFERÊNCIAS

ADGHIRNI, Zélia; PEREIRA, Fábio. O jornalismo em tempo de mudanças estruturais. Intexto, Porto Alegre, UFRGS, v. 1, n. 24, pp. 38-57, jan./jun. 2011.

ANTONIOLI, M. E.; ALTHEMAN, F. Estágio em jornalismo: novas oportunidades de atuação para a conquista de conhecimento, valores e saberes. Revista Brasileira de Ensino de Jornalismo, Brasília, v. 7, n. 21, p. 187-206, jul./dez. 2017.

BRASIL. Decreto-Lei nº. 972, de 17 de outubro de 1969. Dispõe sobre o exercício da profissão de jornalista. Site planalto.gov.br. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del0972.htm>. Acesso em: 27 jan. 2020.

BRASIL. Decreto n°. 83.284, de 13 de março de 1979. Dá nova regulamentação ao Decreto-Lei nº 972, que dispõe sobre o exercício da profissão de jornalista, em decorrência das alterações introduzidas pela Lei nº 6.612, de 7 de dezembro de 1978. Site planalto.gov.br. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/Antigos/D83284.htm>. Acesso em: 27 jan. 2020.

BRASIl. Lei Nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes. Site planalto.gov.br. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11788.htm>. Acesso em: 27 jan. 2020.

BRIN, C.; CHARON, J.; BONVILLE, J. Nature et transformation du journalisme. Théorie et recherchés empiriques. Quebec: Les Presses de L’Université Laval, 2007.

CARVALHO, G. A caminho da regulamentação? O estágio em jornalismo no Brasil. Revista Brasileira de Ensino de Jornalismo, Brasília, v. 3, n. 13, p. 146-167, jul./out. 2013.

CHESNAIS, F. Finance capital today: corporations and banks in the lasting global slump. Boston: Brill Academica Pub, 2016.

CNE – CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Câmara de Educação Superior. Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Jornalismo. Resolução nº 1/2013, de 27 de setembro de 2013. Site portal.mec.gov.br. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=14242-rces001-13&category_slug=setembro-2013-pdf&Itemid=30192>. Acesso em: 27 jan. 2020.

FENAJ - Federação Nacional dos Jornalistas. Programa Nacional de Estímulo à Qualidade da Formação em Jornalismo, 2015. Disponível em: <https://fenaj.org.br/wp-content/uploads/2015/07/15.pdf>. Acesso em: 27 jan. 2020.

HARVEY, D. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. São Paulo. Edições Loyola, 1992.

KISCHINHEVSKY, M. Convergência nas redações: mapeando os impactos do novo cenário midiático sobre o fazer jornalístico. In: RODRIGUES, Carla (org.). Jornalismo online: modos de fazer. Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio: Editora Sulina, 2009, pp. 57-74.

MICK, J.; LIMA, S. (org). Perfil do jornalista brasileiro. Florianópolis: Insular, 2013.

NEVEU, É. As notícias sem jornalistas. Uma ameaça real ou uma história de terror? Brazilian Journalism Research, vol. 6, n° 1, 2010.

NICOLETTI, J. Apontamentos sobre a correlação entre condições de trabalho e as escolhas editoriais dos jornalistas. In: 17º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo. Anais [...] Universidade Federal de Goiás, Goiânia, novembro de 2019.

PITHAN, L. H.; KALSING, J.; GRUSZYNSKI, A. C. Demissões em massa e métricas de audiência: sintomas da gestão gerencialista nas empresas jornalísticas. In: 17º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo. Anais... Universidade Federal de Goiás, Goiânia, novembro de 2019.

PODER 360. Tiragem impressa dos maiores jornais perde 520 mil exemplares em 3 anos. Poder 360. Publicado em: 31 jan. 2018. Disponível em: < https://www.poder360.com.br/midia/tiragem-impressa-dos-maiores-jornais-perde-520-mil-exemplares-em-3-anos/>. Acesso em 28 de jan. 2020.

PONTES, F. S.; LIMA, S. P. Impactos do mercado jornalístico na vida de seus trabalhadores: um estudo sobre indicadores de saúde dos jornalistas brasileiros. Revista Famecos, Porto Alegre, v. 26, n. 2, mai./ago. 2019.

PONTES, F. S.; MICK, J. Crise e mercado de trabalho: trajetórias profissionais de jornalistas no Brasil (2012-2017). In: XXVII Encontro Anual da Compós. Anais... Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 05 a 08 de junho de 2018.

VALVERDE, F. L. O papel pedagógico do estágio na formação do jornalista. Tese (Doutorado). Departamento de Jornalismo e Editoração, Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo. 2006.

Publicado

2021-03-21

Como Citar

Fassarella Agnez, L., & C L Valente, J. (2021). O estágio em jornalismo no Distrito Federal: percepção dos estudantes e principais demandas. Revista Brasileira De Ensino De Jornalismo, 10(27), 3-18. Recuperado de http://rebej.abejor.org.br/index.php/rebej/article/view/426

Edição

Seção

Artigos